Início » Livroterapia » LIVROTERAPIA – E se for você?, de Rebecca Donovan – @GloboLivros

LIVROTERAPIA – E se for você?, de Rebecca Donovan – @GloboLivros

Eu adoro livro com um bom drama, e quando conheci a Trilogia Breathing, de Rebecca Donovan, me encantei. E não só pela leitura, mas pela autora. Ela se tornou aquela “pode escrever o que for, que eu estou lendo”, sabe?

E quando a Globo Alt lançou o E se for você?, eu não perdi tempo. E não me arrependi em nenhum momento e ele se tornou um dos meus queridinhos. ❤

Prepare-se para uma deliciosa história!

E se for você, de Rebecca Donovan

Cal acaba de entrar na faculdade e divide seu tempo entre aulas e festas com os amigos. Até que ele encontra Nicole Bentley, por quem ele foi apaixonado quando criança, e de quem nunca mais tinha ouvido falar desde que se formaram na escola, há mais de um ano.

O único problema é que… aquela garota não é Nicole. Ela é idêntica à menina que conviveu com Cal, mas seu nome é Nyelle Preston e, ao contrário de Nicole, essa garota é impulsiva e ousada, e só quer aproveitar a vida. Quando os segredos do passado e do presente começam a colidir, de uma coisa ele poderá ter certeza: nada é o que parece ser.

Com uma narrativa envolvente e poética, Rebecca Donovan cria personagens cativantes que despertam diversos questionamentos e emoções: e se pudéssemos mudar de rumo? E se nos permitíssemos apenas aproveitar o momento? E se o amor for algo bem mais simples do que imaginamos?

Onde comprar: Amazon e Buscapé

Resenha

Você é ela… a minha garota e se.

E se você encontrasse com alguém do seu passado, mas descobrisse que não é ela realmente? Meio complicado, não é mesmo? Mas foi assim com Cal quando ele encontrou Nyelle e pensou ser Nicole…

A semelhança entre as duas é surpreendente e deixa Cal desconfiado. Seria Nicole disfarçada? Afinal de contas ela sumiu há mais de um ano e ele nunca mais soube notícias. Mas ele a reconheceria, certo? As duas têm personalidades tão diferentes…

Nicole foi o grande amor da vida de Cal. Eles se conheceram ainda pequenos e cresceram juntos, reprimindo um amor de adolescência um pelo outro. Juntamente com mais duas amigas, Richele e Rae, eles se tornaram um quarteto inseparável. Bom, até Richele se mudar, Nicole se tornar distante e todos se formarem no Ensino Médio e perderem completamente o contato.

Cal se muda para uma faculdade no interior de Nova York e seu único contato é Rae, até encontrar Nicole… ops, Nyelle. Sim, ele poderia jurar ser o seu grande amor, mas ela está tão mudada. Se não fosse pelo comportamento completamente diferente, ele poderia jurar que eram a mesma pessoa.

Nyelle é o oposto de Nicole: imprevisível, ousada, ela não se permite ter amarras e seu lema é diversão, claro, adoçado por uma grande quantidade de açúcar. 😛

Intrigado com a semelhança absurda e encantado pela espontaneidade da nova moça, ele se aproxima da garota e o previsível acontece: se apaixona por ela.

A cada vez que estou com ela, fica mais difícil deixá-la ir, porque odeio ter que esperar até a próxima vez, temendo que não haja próxima vez.

Mas Nyelle é muito arisca e foge ao menor sinal de carinho. Quando segredos do passado e do futuro são confrontados, Cal se questiona se será capaz de conquistar esse seu novo amor, entender o porquê de Nyelle fugir tanto e descobrir o paradeiro de Nicole…

E não interessa qual dessas versões está me olhando; ela é a mesma garota. A garota que eu desejei a maior parte da minha vida.

O jeito como Rebecca conta a história e nos envolve nela é extraordinária. Contando em primeira pessoa, por Cal, e alternando o passado no ponto de vista dos outros personagens, para preencher lacunas e nos deixar por dentro de tudo, Rebecca nos conduz a uma história perfeita, sobre amor, perda e amizades.

– Nunca tinha visto tantas estrelas antes – diz ela, baixinho. – Um céu cheio de possibilidades e de dor. Tantas contradições. Talvez elas sejam, apenas, possibilidades dolorosas.

Claro que eu nem preciso dizer que terminei o livro com os olhos inchados de tanto chorar, né? 😥 O final não poderia ter sido mais lindo! O livro me envolveu de uma tal forma, que fiquei dias pensando na história e a ressaca me pegou de jeito, a ponto de não saber o que escrever sobre ele. Não pensei que Rebecca pudesse me surpreender tanto depois da história de Emma e Evan. Ela tem um dom de tocar em assuntos delicados e destrinchá-los de uma forma tão excepcional, que o final chega e a gente se sente órfão…

Ah, e mesmo o romance sendo um pouco mais adolescente, não perde em nada, viu? Pode já colocá-lo em sua lista de próximas leituras. No meu, ele já foi para a lista dos queridinhos! ❤


Ontem ela comprou trinta balões de hélio e amarrou a mensagem “Você é amado” em cada um. Depois fomos para a fazenda abandonada e ficamos no meio do campo nevado para soltá-los.

Me resta só esperar que Rebecca escreva mais e mais. 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s